22/03/2011

Mulher do sul da Bahia vira garota de programa virtual e já fatura R$ 15 mil por mês




 PORTO SEGURO - Com uma webcam nas mãos, um mouse cheio de más intenções e várias ideias safadas na cabeça, a baiana Lili, 30 anos, se tornou uma espécie de atriz pornô que sequer mantém contato físico com seus parceiros. E o melhor: é bem paga por isso.
Através do programa de bate-papo MSN, Lili, conhecida no meio virtual como Lili Webgata, ficou famosa tirando a roupa por dinheiro, usando apenas o computador e uma boa conexão com a internet.
Lili consegue faturar algo em torno de R$ 15 mil por mês. Tira R$ 500 numa só noite e chega a fazer dez shows em três horas. Ela não é prostituta, mas uma espécie de garota de programa virtual, uma Bruna Surfistinha digital.
Revelar o rosto e nome nem pensar. Lili diz apenas que nasceu no sul da Bahia.

0 comentários:

Postar um comentário